MIGRAÇÕES PLANETÁRIAS

MIGRAÇÕES PLANETÁRIAS:
14/08/2020

VIEMOS DO ESPAÇO

Considerando o princípio hermético que diz “o que está em cima é como o que está embaixo” (as mesmas leis universais regem o Macro e o Microcosmos), observamos que os movimentos e migrações dos povos na história das civilizações humanas no planeta Terra, ocorrem também em escalas análogas nas estruturas atômicas e cósmicas entre as formas de vida que povoam o Universo.


Assim, seres vindos de outros astros estabeleceram-se em colônias situadas no cinturão espacial em torno da Terra, nas camadas internas e na superfície do planeta. Parte destes exilados vieram do astro denominado Capela da Constelação do Cocheiro (Auriga). Eram 25 bilhões de espíritos que aqui chegaram há 65.000 anos, onde fundaram a Atlântida, que depois submergiu devido a um grande fenômeno  natural.
Após os períodos de adaptação às condições terrenas, estes seres expurgados de suas moradas, passaram a encarnar no seio da humanidade em desenvolvimento, miscigenando-se com os naturais e trazendo novos conhecimentos para o seu progresso.

Vieram também seres missionários mais evoluídos que orientavam, dirigiam e acompanhavam o processo de integração a nova etapa de vida neste orbe.


Desta forma, ordenadas pelo Governo Espiritual Planetário (Grande Fraternidade Branca), surgiram inúmeras organizações a serviço da Luz nos planos de vida da Terra. Dentre elas foi criada a FRATERNIDADE DE CÁRITAS, que remonta aos primórdios da evolução do homem.
Na época em que o Mestre Ascencionado Jesus encarnou, ela já era atuante; praticando a caridade, curando os enfermos, esclarecendo e auxiliando aos que com ela entravam em contato. Foi conhecida na ocasião como a Fraternidade dos Essênios.

No estágio atual da Terra, de transição do estado de provas e expiações para o de regeneração, uma nova condição vibratória está sendo implantada. Os que não despertarem, migrarão para planetas atrasados onde reiniciarão seu trabalho e terão nova oportunidade de auxiliar outros seres em condições inferiores. O ciclo se perpetua.
Essa transformação é difícil e dolorosa, principalmente para os que resistem a abrir suas consciências para uma nova vida, e se manifesta pelas experiências individuais e coletivas de ajustes cármicos.


As guerras, as doenças, a fome, a degradação da natureza, a corrupção moral, o preconceito racial, os desvios dos desígneos divinos dão a aparente ilusão da vitória das forças destrutivas do Mal, alimentadas pelos próprios desajustes do ser humano. Entretanto, a evolução do Bem está em curso.
Através de inúmeras transformações, o ser espiritual vive inúmeras encarnações na matéria para se aperfeiçoar. A Lei de Causa e Efeito (Ação e Reação), torna a humanidade a responsável por suas ações. O Carma é a Justiça Divina que a tudo equilibra e harmoniza.

“A semeadura é livre, a colheita é obrigatória... ! ”


É neste contexto que a FRATERNIDADE DE CÁRITAS continua atuando até hoje. Age nos planos da Matéria, do Espírito e da Mente orientada por Mentores de elevada condição Espiritual em comunhão com irmãos de boa vontade que assumem a tarefa de auxiliar aos enfermos e desarmonizados, aos descrentes, perdidos e desesperançados, independente da fé religiosa, condição social ou grau de entendimento espiritual.
As ações são executadas dentro dos princípios do Amor, da Caridade e da Fraternidade, seguindo os ensinamentos do Mestre Ascencionado Jesus.


“ A luz dissipa as trevas ! ”

DEUS CONDUZ




veja também

Rua Luis Gama, 117 - Santos / SP - cep 11015-151 - tel 13 3223.4686